domingo, 9 de maio de 2010

gerais

"no fundo eu sou mesmo é um romântico inveterado.
no fundo, nada: eu sou romântico de todo jeito.
eu sou romântico de corpo e alma,
de dentro e fora,
de alto e baixo, de todo lado: do esquerdo e do direito.
eu sou romântico de todo jeito.

(...)

vejam meus tiques e etiquetas,
meus sapatos engraxados,
meus ternos enleios,
meu gosto pelo passado
e pelos presentes,
minhas cismas,
e raptos.
vejam também minha linguagem
cheia de mins, de meus e de comos.
vejam, e me digam se eu não sou mesmo
um sujeito romântico que contraiu o mal do século
e ainda morre de amor pela idade media
das mulheres"

(gilberto mendonça teles)

Nenhum comentário:

Postar um comentário