quinta-feira, 14 de julho de 2011

simulando crise

cenário: godofredo
personagens: clara e fernanda
sentido: o de sempre - tomar devassa loira, paquerar o garçom, abraçar a patrícia e comer tapioca. 

pedimos a conta cedo, 21h45. ah, quarta-feira, né? vamos embora, deleitar nossa família e nossa casa, dormir cedo, cuidar da pele, ver novela, rezar um pai-nosso... o diálogo final me matou, a conclusão da proximidade dos 30 me fez perceber que além de me tornar mulher, estou me tornando velha:

- é amiga, só três cervejas e já estamos indo pra casa.
- pois é... - suspirei
- daqui a pouco vamos sair para jogar biribinha, fazer aulas de crochê, participar do clube do livro...
- puta que pariu! eu já faço parte do clube do livro!!!!
- ih amiga, fudeu...

nota mental: tentando superar até agora, repensando seriamente se continuo ou não fazendo parte do clube do livro, ou se vou pra balada com meu salto alto vermelho e minha mini-saia 30 cm. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário